terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Texto inacabado e ainda sem título

Acordou com o barulho. Ainda Sonada,coçou os olhos e se espreguiçou lentamente, como se assim,despertasse cada músculo de seu diminuto corpo. Levantou,olhou em volta... Estava na rua,mais precisamente numa calçada demarcada por sujeira e urina.
Sentiu-se desconfortável,apertou o passo, tratou de andar mais rápido mas o cheiro de calçada estava entranhado. Dobrou a esquina,algumas pessoas pulavam felizes e atiravam confetes umas nas outras.
Portando uma dor no joelho esquerdo e uma incompreensão latente das coisas,seguiu andando... queria ir pra casa mas não sabia onde era.

3 comentários:

dudv disse...

Fiquei curioso...

Gustavo do Carmo disse...

O conto está sem título mesmo ou o título é esse mesmo?

Márcio Palmeira disse...

Bem. Você está com estilo.
Isso é bom.